quinta-feira, 16 de junho de 2016

Como Extrair Óleo do Côco

Olá amigas(os) leitoras(es) do Blog Mania de Mulher!


Os óleos vegetais proporcionam inúmeros benefícios à nossa saúde. Falando especificamente sobre o óleo de côco, pode-se afirmar que seu uso é muito difundo como hidratante da pele, dos cabelos e até como coadjuvante no emagrecimento.
No meu dia a dia o óleo de côco sempre está presente, amo aplicá-lo no rosto, misturá-lo no hidratante corporal e fazer umectação capilar com ele. Na piscina, é um ótimo amigo quando misturado ao protetor solar. Particularmente, não consigo mais viver sem óleo de côco.
Com tantas finalidades, haja dinheiro para comprar o "dito cujo"! Assim, fabricar nosso próprio óleo torna-se a solução mais viável para economizar.



Na internet é possível encontrar inúmeros vídeos ensinando a tirar o óleo do côco fresco, por meio do processo à quente e à frio. A seguir mostro meu passo-a-passo na extração do óleo à quente (hot process), vamos lá?



Percebe-se facilmente o ponto final do processo, por meio visual e sonoro. Visualmente é possível ver o óleo flutando sobre uma massa sólida que se forma no fundo do recipiente, além disso o ruído da fervura muda para o som de fritura, é como se você estivesse fritando algo sobre uma frigideira!
Após apagar o fogo, esperar alguns minutos até baixar a temperatura e ser possível manusear. Lembrando que se deixar o óleo esfriar demasiadamente ele pode se solidificar, caso o dia esteja frio, tornando impossível a próxima etapa que vem a ser a filtração para separar o sobrenadante (óleo) do resíduo sólido.

Observe na foto que meu óleo de côco já começa a se solidificar no frasco por causa do frio. Seu aspecto  é incolor como se fosse água, mas quando ele começa a endurecer vai ficando esbranquiçado.
Se você não tiver panela de vidro para fazer em sua casa, pode usar qualquer outra panela.
Viu como é fácil, apenas é um pouco trabalhoso e toma muito tempo.
Vale ressaltar que quando você adiciona água no liquidificador para triturar o côco e extrair o leite, deve ser usada pouca água, caso contrário, o tempo no fogo será muito maior, afinal quanto mais água, mais tempo levará no fogo para que ela evapore.
O resultado final em termos de qualidade é igual ao que compramos no mercado! O rendimento: 2 côcos frescos inteiros (com casca e água) pesaram cerca de 1,5 Kg, o que rendeu 100 mL de óleo.


Óleo de Côco na Prática: abaixo, uma foto do meu cabelo após umectação com óleo de côco + óleo de rícino + manteiga de karitê. Sobre o rosto apliquei minha nova combinação anti-rugas: óleo de côco + óleo de rícino + hipoglós. Logo mais, vou colocar no ar um post sobre minha nova rotina capilar, cujo objetivo é ganhar textura e volume. Não reparem na cor do cabelo porque tem tinta velha impregnada de quando eu fazia coloração. Aos poucos estou clareando com luzes fininhas. Para visualizar o brilho da umectação clique sobre a foto para ampliar. Lembrando que óleo de rícino não deve ser usado por gestantes e lactantes e algumas pessoas podem ter alergia à esse óleo ou outras reações.


Em breve, extração do óleo de côco à frio (cold process). Espero que vocês tenham gostado do post! Não esqueçam de curtir e compartilhar! Grande beijo.


L E I A    T A M B É M...

Um comentário:

  1. Boa Tarde!! já publicou o post sobre a extração à frio? Não consegui localizar. Obrigada!!

    ResponderExcluir